Thursday, October 21, 2021

“FAA transmitem segurança e confiança em dias melhores”

O Presidente da República disse, ontem, que as Forças Armadas Angolanas (FAA) “têm transmitido à sociedade um sentimento de segurança e confiança em dias melhores”, pela sua capacidade de resiliência e dedicação diante das adversidades.

Numa mensagem de felicitações por ocasião do 30º aniversário das FAA, que hoje se comemora, João Lourenço destaca a “elevada dedicação, coragem e determinação das FAA na defesa da Independência e da soberania nacional, integridade do solo e dos superiores interesses da Nação.” 

“A história que marcou a criação e a evolução das FAA se une à mais recente história do país, desde que se tornou independente, a 11 de Novembro de 1975, fruto do sacrifício incomensurável de várias gerações de angolanos que se empenharam em toda esta trajectória de luta e de vitórias, construindo os pilares de uma pátria una e indivisível, próspera e em desenvolvimento”, lê-se na mensagem, na qual se enaltece, também, o papel dos trabalhadores civis que, ao lado dos militares, têm contribuído para a paz e estabilidade do país .

João Lourenço, igualmente Comandante-em-Chefe das FAA, sublinhou que, “neste percurso memorável, marcado por constrangimentos de toda a ordem e perante vários riscos e ameaças”, as FAA tiveram o mérito de preservar as conquistas inalienáveis do nosso povo, contribuindo para a projecção do nome de Angola em África e no Mundo. “Por essa razão, expresso uma palavra de gratidão e encorajamento aos bravos militares das nossas Forças Armadas pelos seus feitos inolvidáveis e rendo a mais singela homenagem a todos aqueles que derramaram o seu precioso sangue no teatro das operações militares, entregando as suas próprias vidas na defesa do solo pátrio, do seu povo e da democracia”, refere a mensagem de felicitações.

O Chefe de Estado disse continuar a contar com o empenho das FAA “no resgate dos valores morais e cívicos” para a moralização da sociedade, “uma batalha que, apesar da sua complexidade, temos todos de abraçar por ser o caminho certo para promover e implementar políticas públicas capazes de acelerar o bem-estar dos cidadãos e o reforço da estabilidade nacional.”

João Lourenço manifestou-se orgulhoso com o empenho dos militares angolanos na preservação do ambiente, na prevenção e combate à Covid-19 e, em missões de apoio à paz, no âmbito dos compromissos internacionais assumidos por Angola. “Neste domínio, apraz-me enaltecer o importante papel das FAA no apoio ao povo irmão de Moçambique, aquando do  ciclone Idai e em acções de estabilização militar em Cabo Delgado, no Lesoto, na República  Centro Africana, bem como em outros países da sub-região, no âmbito da União Africana, SADC, CEEAC, CPLP e da CIRGL, contribuindo, deste modo, nos esforços comuns a favor da paz e da segurança nesta parte  Austral e Central do nosso continente”.

O ministro da Defesa Nacional e Veteranos da Pátria, João Ernesto dos Santos “Liberdade”, considerou “um acontecimento de extrema importância” o 30º aniversário das FAA, por ser “uma instituição com enormes responsabilidades no contexto da segurança e defesa do Estado angolano.”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *