Guiné-Bissau fora da corrida ao Qatar2022

Ao perder (0-3) na noite de sábado com Marrocos, em Casablanca, a selecção guineense, agora na condição de anfitriã – porque o Estádio Nacional 24 de Setembro, em Bissau, foi interditado pela FIFA, devido às más condições infraestruturais do recinto – está praticamente afastada da corrida à fase final do Mundial de 2022, no Qatar.

Kaabi (10 e 70) e Barkok (20) marcaram os golos da selecção do Magrebe, primeira classificada, com 9 pontos em três partidas, seguida, precisamente, pela Guiné-Bissau, com quatro (mais um jogo).

A Guiné-Conacri empatou (2-2), em casa, com o Sudão, e soma, agora, três pontos.

Leave a comment

Your email address will not be published.