Identificados projectos para financiamento

A Federação das Câmaras Bilaterais de Comércio e In-dústria de Angola (FCBCIA) identificou, até finais do 2021, cerca de 25 projectos para financiamento, dos quais, seis já preparados para receber investimento, de acordo com presidente da Federação, Victoriano Nicolau.

O responsável da Federação, que falava, em entrevista exclusiva ao Jornal de Angola, no término da 1ª Conferência realizada pela Federação, ontem, em Luanda, disse, ainda, que mais de metade do total dos projectos estão a ser retomados, depois de um interregno de dois anos, por causa da pandemia da Covid-19.

Segundo Victoriano Nicolau, os investimentos estão voltados aos sectores da agricultura, pecuária, reflorestação e suinicultura, sendo que entre as iniciativas, existem pedidos de terrenos para a construção de campos de golfe, escolas e habitações nas zonas rurais, bem como vias de acesso aos locais dos projectos, factores que acabam por  desencorajar os potenciais investidores.

“Vamos encontrando situações  que nos levam  a registar as preocupações dos potenciais investidores e levá-las a quem de direito, no sentido eliminar a burocracia, porque não compete a nós fazer este trabalho”, disse.

De acordo com o responsável, a primeira conferência teve como objectivo principal divulgar a actividade da Federação e promover a criação de mecanismos, para facilitação da livre circulação de pessoas e bens, além da promoção e fomento de negócios rentáveis no país.

Consta dos  objectivos principais da Federação, entre outros aspectos, aproximar todas as Câmaras e fazer com que estas funcionem no sentido captarem o maior número de investimentos para Angola,  quer seja público ou privado.

Já para Dulce Ferreira, membro da associação, a Federação aposta, igualmente, na exportação e dinamização da internacionalização das empresas angolanas, em função do potencial economico e da variedade de produtos que o país pode oferecer aos outros mercados, mas que pouco ou quase nada tem sido feito internamente.

Durante o evento foram abordados vários temas, com destaque para a Análise “PEST” e SWOT do Plano Estratégico e as Principais Acções Desenvolvidas pela Federação, contando com a participação de diplomatas e representantes das câmaras reconhecidas em Angola.

Leave a comment

Your email address will not be published.