Monday, May 16, 2022

Joe Biden na Europa para cimentar unidade ocidental

O Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, chegou, esta quarta-feira, a Europa para consolidar a unidade entre os países ocidentais, cujas opções de retaliação contra a Rússia estão a encolher à medida que a guerra na Ucrânia prossegue.

O avião presidencial norte-americano aterrou em Bruxelas (Bélgica) pouco depois das 21:00 locais (menos uma hora em Angola).

O que gostaríamos de ouvir [dos aliados dos Estados Unidos] é que essa firmeza partilhada que vimos no mês passado vai durar o tempo que for necessário”, disse o conselheiro de Segurança Nacional da Casa Branca, Jake Sullivan, ainda a bordo do Air Force One.

Exactamente um mês após o início da invasão da Ucrânia, uma maratona diplomática sem precedentes espera Joe Biden e os seus parceiros: num único dia, uma cimeira da NATO, uma cimeira do G7 e uma cimeira da União Europeia.

Se a viagem, que depois levará o chefe de Estado norte-americano até à Polónia, tem um forte simbolismo, os encontros não devem originar novas sanções ou anúncios estratégicos bombásticos, como os que pontuaram nas últimas semanas.

Os Estados Unidos deverão aumentar na quinta-feira a lista de sanções a oligarcas russos e figuras políticas, de acordo com Jake Sullivan.

Também Joe Biden promete fortalecer a posição da NATO a longo prazo nos países do Leste Europeu, agora que Vladimir Putin de facto perturbou o equilíbrio de forças herdado da Guerra Fria.

A Casa Branca especifica ainda que será sobretudo uma questão de consolidar o arsenal das sanções já tomadas, para evitar as tentativas para contorná-las por parte de Moscovo.

Leave a Reply

Your email address will not be published.