Wednesday, May 18, 2022

Mais de 10 mil jovens vão prestar serviços

Mais de 10 mil jovens serão recrutados pela Comissão Provincial Eleitoral (CPE), em Benguela, para prestarem serviços durante as eleições gerais de Agosto próximo, desde que o candidato tenha no mínimo a oitava classe e idade superior a 17 anos.

Segundo o presidente da CPE, José Ndala Carlos, que avançou a informação no final de um encontro de cortesia com uma delegação do Conselho Provincial da Juventude (CPJ), os interessados devem, igualmente, estar “em boas condições de saúde, em termos das suas faculdades mentais”.

O responsável foi à CPE inteirar-se do andamento do processo de organização das eleições e da força de trabalho necessária para as mesas das assembleias de voto e referiu que se pretende um processo inclusivo, pelo que, acrescentou, estão a ser desenvolvidas campanhas de sensibilização à juventude nesse sentido.

Esclareceu que o objectivo é que os jovens saibam prestar contributo no processo eleitoral, com civismo, espírito patriótico, harmonia, tolerância, numa perspectiva de que o pleito decorra em clima de elevada satisfação, cordialidade, tranquilidade, estabilidade e paz.

Luís Nunes visita sede da Assembleia Nacional

Neste domínio, o governador de Benguela visitou a sede provincial da Assembleia Nacional, (AN), tendo-se inteirado do funcionamento do Gabinete de Apoio aos Deputados. Luís Nunes constatou, também, as condições físicas do edifício e todas as dependências.

O Gabinete Provincial de Apoio aos Deputados da AN atende as questões administrativas, missões de fiscalização política e visitas oficiais de deputados às províncias, receber, encaminhar aos órgãos competentes as petições, reclamações e sugestões dos cidadãos e colaborar com as comissões permanentes de trabalho, na preparação das condições técnico-administrativas, para o cumprimento das missões locais.

Tem ainda como função receber e encaminhar aos órgãos competentes da Assembleia Nacional os relatórios dos deputados dos círculos provinciais e executar outras tarefas que sejam orientadas superiormente.

O círculo provincial de Benguela é composto por cinco deputados: quatro pelo partido MPLA (Joaquim de Almeida, Veríssimo Sapalo, Deolinda Valiangula e Eduarda Magalhães); e um pela UNITA (Adriano Sapinãla).

Leave a Reply

Your email address will not be published.