Mais de 40 mil cidadãos actualizam dados no Andulo

Pelo menos 40 111 cidadãos actualizaram o Registo Eleitoral Oficioso, de Setembro de 2021 até à presente data nos Balcões Únicos de Atendimento ao Público (BUAP), no município do Andulo, província do Bié.

A informação foi avançada pelo director municipal do Registo e Modernização Administrativa do Andulo, Arsénio Tchambanganji. Anunciou que o município conta com quatro balcões fixos instalados na sede e nas comunas de Cassumbi, Chivaulo e Calussinga e quatro postos móveis, destinados aos habitantes de zonas mais recônditas.

Segundo o responsável, o processo decorre com normalidade, apesar de às vezes registar dificuldade no sistema e nas vias de acesso, sobretudo na comuna de Cassumbe.

Por seu turno, a administradora municipal do Andulo, Celeste Adolfo, apelou ontem à população abrangida a aderir aos Balcões Únicos de Atendimento ao Público para a actualização dos dados na perspectiva das eleições gerais previstas para Agosto próximo.

De acordo com a dirigente, o momento actual está a ser marcado pela actualização do Registo Eleitoral Oficioso que desde Setembro último decorre em todo o território nacional e no exterior.

Celeste Adolfo destacou a necessidade de intensificar as acções de sensibilização das comunidades, de modo que ninguém fique de fora deste processo e evitar as habituais enchentes. “Faltam poucos dias para o término do processo. Pedimos aos munícipes a comparecerem aos balcões e não deixarem para os últimos dias para se evitar constrangimentos”, sublinhou.

O processo de actualização do Registo Eleitoral Oficioso iniciou a 23 de Setembro último.

Mobilização no Bié

O Comité  Municipal do MPLA no Andulo, província do Bié, reforçou, nas comunidades, nos últimos três dias, a sensibilização e mobilização dos cidadãos para que afluam aos Balcões Únicos de Atendimento ao Público (BUAP) mais próximos.

O segundo secretário municipal do MPLA, no Andulo, Aristides Gonçalves, disse, ontem, que foram destacados militantes nas aldeias, nas zonas de pastos e lavras, bem como onde há maior número de pessoas, para sensibilizar os cidadãos sobre a importância do registo eleitoral.

“Esta fase termina a 31 de Março. O tempo está a escassear para aqueles que possuem idade eleitoral e que podem votar nas próximas eleições. Logo, urge incrementar as campanhas”, acrescentou.

Leave a comment

Your email address will not be published.