Mais de 80 mulheres beneficiam de kits para auto-emprego

Oitenta e três mulheres da província do Cuanza Sul receberam, ontem, na cidade do Sumbe, diversos kits de trabalho para o fomento do auto-emprego, no quadro do Programa Integrado de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza (PIDLCP).

Durante a cerimónia, que marcou o acto provincial em alusão ao Dia Internacional da Mulher, que ontem se comemorou, as beneficiárias receberam kits de culinária, pastelaria, decoração, manicure e pedicure, bem como máquinas de corte e costura, depois de cumprirem formações específicas nas áreas de actuação.

Ao intervir no acto, a vice-governadora do Cuanza-Sul para o sector político e social, Emília Tchinawalile, encorajou as mulheres beneficiárias a tirarem o maior proveito dos meios recebidos, de forma a ajudar as rendas das suas famílias, através do auto-emprego.

“Aproveito a oportunidade para incentivar as mu-lheres da região no sentido de fomentar o empreendedorismo, pois são grandes as vantagens da mulher”, salientou.

Entretanto, as mulheres beneficiárias enalteceram os esforços do Executivo no fomento do empreendedorismo e no combate à pobreza.

Jéssica Fernanda, que beneficiou de kits de pastelaria, sublinhou que o material recebido vai ajudar significativamente no desenvolvimento da sua actividade, com vista ao aumento da produção e a geração de emprego.

Por seu turno, Eufrazina dos Santos, cabeleireira de profissão, disse que vai au-mentar o número de funcionários no seu estabelecimento, de forma a maximizar os lucros. “Vamos trabalhar para desenvolver cada vez mais o negócio e contribuir para o desenvolvimento socioeconómico do país”, acrescentou.

No âmbito do Programa Integrado de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza, mais de 800 mulheres da província do Cuanza Sul já beneficiam de kits profissionais para o fomento do auto-emprego.

Leave a comment

Your email address will not be published.