Monday, May 16, 2022

MPLA e PAICV reforçam relações

No âmbito da visita do Presidente de Cabo Verde a Angola, o vice-presidente do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), João Batista Pereira, manteve, ontem, em Luanda, um encontro com a homóloga do MPLA, Luísa Damião, para perspectivar e aprofundar a cooperação entre as duas forças políticas históricas de África.

“Angola vai às eleições em Agosto deste ano. Naturalmente que também auguro sucessos ao MPLA e ao povo angolano, na caminhada para o desenvolvimento e a consolidação da democracia”, afirmou à imprensa quan-do questionado sobre os assuntos abordados com Luísa Damião.

João Pereira acrescentou que as relações históricas entre os dois países são boas, recordando que a vice-presidente do MPLA esteve em 2021 em Cabo Verde, por altura do Congresso do PAICV, e aproveitou a ocasião para justificar as razões da ausência no conclave do partido no poder em Angola.

“É nossa esperança que no quadro do aprofundamento das relações históricas que a Luísa Damião e uma delegação do MPLA estejam em Cabo Verde, brevemente, no nosso Congresso que vai decorrer no decurso deste ano de 2022”, adiantou.

João Pereira disse que o MPLA e o PAICV têm um papel essencial no tratamento das relações entre os dois países e “a prova está nas declarações conjuntas dos dois estadistas em perspectiva em momentos grandes, com destaque para a retoma dos voos, na ligação directa Luanda/-Praia, bem como no alcance de outros destinos”.

“O mais importante é o que foi dito no encontro entre os dois estadistas, que é de elevar as relações entre os dois países a um nível de parceria estratégica. Isto tem um significado importante, cabe aos dois partidos trabalharem e alimentarem essa perspectiva, de modo a ganharem a concretização destes projectos, que é desejo dos dois povos a ser materializado pelos governos, com patrocínios dos seus presidentes”, esclareceu.

O vice-presidente do PAICV referiu que está convencido que as duas organizações políticas têm um histórico, são unidas, coesas e emanadas na mesma causa – a promoção do desenvolvimento dos povos.

Leave a Reply

Your email address will not be published.