Produção estimada em três milhões de dólares

Três milhões de dólares é o valor estimado para operacionalizar o Centro Regional de Liderança da Mandioca da SADC, a ser lançado dentro de três meses em Malanje, para fortalecer a investigação da cultura e dinamizar a sua cadeia de valor.

A informação foi prestada, ontem, pelo coordenador do Programa de Produtividade Agrícola para a África Austral (APPSA), Joaquim César, por ocasião do 27º Conselho Científico do Instituto de Investigação Agronómica (IIA), que decorre desde segunda-feira em Malanje.

O responsável disse estar em curso preparativos para o lançamento do referido centro, que vai dispor de um complexo de investigação com laboratórios, estufas e outras dependências, cuja instituição será suportada por 50 técnicos do Instituto de Investigação Agronómica (IIA).

O Centro Regional de Liderança da Mandioca da SADC faz parte do Programa de Produtividade Agrícola para a África Austral (APPSA), que arrancou em 2020 e que, apesar de ter a mandioca como cultura principal.

Já o APPSA, orçado em 25 milhões de dólares, tem como eixo principal a geração e disseminação de tecnologia, estando já em curso oito subprojectos para melhoria do sistema de cultivo e consequente transformação.

Leave a comment

Your email address will not be published.