Refinaria de Luanda vai produzir 1.200 toneladas de gasolina/dia

A Refinaria de Luanda passará a produzir a partir do segundo trimestre deste ano, 1.200 toneladas métricas de gasolina por dia, ao contrário das actuais 300 toneladas.

O facto foi avançado esta quinta-feira, em Luanda, pelo Conselho de Administração da Sonangol, durante a visita do ministro dos Recursos Minerais Petróleo e Gás, Diamantino Azevedo, àquela instalações.

De acordo com um comunicado de imprensa daquele departamento ministerial na página do Facebook, o ministro deslocou-se a referida unidade produção de derivados de petróleo, com o fito de constatar a evolução dos trabalhos centrados nos projectos de ampliação, cuja finalidade é o aumento de produção de gasolina no país.

A conclusão das referidas obras está agendada para o segundo trimestre de 2022, tendo o ministro Diamantino Azevedo recomendado que, no âmbito do processo de rejuvenescimento da força de trabalho da refinaria, se tenha em consideração a experiência dos funcionários mais antigos, tendo em conta a construção das demais refinarias e projectos de transição energética no país.

Na companhia do secretário de Estado para o Petróleo e Gás, José Barroso, e do Conselho de Administração da Sonangol, o ministro percorreu várias unidades, passando pela central do ciclo combinado da unidade fabril, bem como pela cabine eléctrica que terá a capacidade para gerar cinco megavolts ampére (MVA) de energia.

Leave a comment

Your email address will not be published.