Tuesday, May 17, 2022

Rússia/Ucrânia: PR defende criação de equipa neutra e credível

O Presidente da República, João Lourenço, defendeu, na cidade da Praia, Cabo Verde, a criação de uma equipa mediadora internacional neutra, credível e que seja aceite pela Rússia e pela Ucrânia como uma das vias para se pôr termo ao conflito reinante entre os dois países.

O estadista angolano apontou este caminho, ontem, quando discursava, por ocasião do banquete oficial oferecido pelo homólogo caboverdiano, José Maria Pereira Neves, no Palácio Presidencial. “Confiamos numa me-diação internacional neutra e credível, que seja aceite pela Rússia e pela Ucrânia e que contribua para se alcançar um cessar-fogo definitivo e a abertura de negociações alargadas para uma paz duradoura para todo espaço europeu”, referiu.

O Chefe de Estado saudou e encorajou todos os líderes mundiais que, de forma incansável, se desdobram em múltiplos contactos diplomáticos na busca da paz e segurança na Europa. “Como sempre o fizemos em relação às vítimas de outros conflitos em África, no Médio Oriente e em outros cantos do mundo, também hoje estendemos a nossa solidariedade para com as vítimas civis do conflito que assola o território ucraniano”, sublinhou João Lourenço.

O Presidente considerou preocupante este momento que a Europa está a viver, devido às repercussões que daí podem advir, caso não haja contenção da parte dos envolvidos directamente e dos líderes mundiais, no geral. 

“Talvez tenha havido, nos últimos anos, a oportunidade de dialogar e ne-gociar para se prevenir a guerra, mas não tendo sido possível fazê-lo antes, há a necessidade, hoje, de se evitar, a todo o custo, a escalada do conflito, para nunca se chegar ao ponto de não retorno”, aclarou.

Leave a Reply

Your email address will not be published.