Sara Tavares assume presidência da Academia

Sara Tavares, candidata pela lista A, foi eleita, sábado, presidente da Academia Olímpica Angolana (AOA), para o ciclo 2021/2024, batendo na concorrência Domingos Torres “Didi” (B), com 17 votos a favor contra 12.

No entanto, os resultados definitivos serão divulgados na quarta-feira, às 11h00, no Complexo da Cidadela, em Luanda.

Com o triunfo, a professora e antiga vice-presidente da Federação Angolana de Atletismo (FAA) torna-se na primeira presidente de direcção da AOA, instituição  fundada a 10 de Julho de 1997.
O sufrágio realizou-se na sede do Comité Olímpico Angolano (COA), e contou com a votação de 48 membros entre fundadores e efectivos.

Neste mandato, a prioridade de Sara Tavares vai cingir-se na divulgação do olimpismo nas escolas do 1º e 2º ciclos, faculdades, bem como para atletas de alta competição. “Temos a missão de divulgar o olimpismo e vamos atacar directamente as escolas, as faculdades e os atletas das selecções”, destacou.

Além da divulgação do olimpismo, a pedagoga pretende organizar também os problemas internos, de forma a consolidar e materializar as promessas eleitorais.   

“Temos de organizar a casa. Procurar todos os membros ausentes e voltar a convidá-los a trabalhar, porque só unidos faremos o melhor. Vamos unir forças para trabalhar”, disse à imprensa após a vitória.
Além do sufrágio para a presidência da AOA, realizou-se, em simultâneo, as eleições para os cargos de director, conselho pedagógico e eforia da instituição olímpica. Adriano Nunes, candidato único, foi eleito director da AOA, com 24 votos.
Para o Conselho Pedagógico, Maiomona Nzita derrotou, na urna, com 16 votos a favor, Sebastião Augusto Francisco “Tião” (7), Carlos Oliveira Alberto (2) e Genivaldo Dias (1).
Cardoso de Lima, com 22 votos, foi eleito coordenador de Eforia, e superou nas urnas a concorrência de Ana Cristina Van-Dúnem (20), Manecas Madeira (18), Pedro Agostinho (18), Sara Tavares (16), Jucelino Bento (16) e Genivaldo Dias (15). 

O objectivo da AOA é ensinar e divulgar os ideais do olimpismo no país.

Leave a comment

Your email address will not be published.