Taxa de juro do BNA deve cair este ano para 19%

A consultora Oxford Economics considerou que o Banco Nacional de Angola (BNA) deve fugir à tendência geral e cortar a taxa de juro de 20% para 19%, prevendo uma descida da inflação para 14,9%, em Dezembro.

“Em forte contraste com o resto do mundo, esperamos que BNA vai cortar a taxa de juro directora em 2022, já que a inflação continua a abrandar face aos actuais níveis elevados”, lê-se num comentário.

De acordo com a Lusa, estes analistas consideram que “a taxa de juro será cortada em 100 pontos base para 19%, no segundo semestre, para manter as taxas reais ligeiramente positivas, como é recomendado pelo Fundo Monetário Internacional”.

“O Kwanza, tem registado uma apreciação nas últimas semanas e meses, 430 kwanzas por dólar, no seguimento dos elevados preços dos combustíveis, o que ajuda a aliviar a subida da inflação, que é muito dependente das importações”. “O recente abrandamento no crescimento dos agregados monetários e creditícios deverá sustentar, ainda mais, uma moderação na inflação”, sublinham os analistas.

A previsão da Oxford Economics surge depois do BNA ter considerado que a taxa de câmbio do Kwanza atingiu o ponto de equilíbrio e que não antevia mudanças na política monetária.

Leave a comment

Your email address will not be published.