Angola e União Europeia apostadas em reiterar fórum de negócios

Angola e a União Europeia deverão renovar fóruns empresariais, após a primeira edição de um encontro do género, na quinta-feira da semana passada em Bruxelas. 

A chefiar a delegação estava Manuel José Nunes Júnior, ministro de Estado da coordenação económica.

Este alega que os resultados em prol da almejada diversificação da economia começam a fazer-se sentir com uma aposta crescente na agricultura.

Por sua vez o ministro angolano da economia e planeamento, Mário Augusto Caetano João, confirma que este fórum deve vir a tornar-se periódico.

Já Victor Fernandes, ministro angolano da indústria e comércio, descarta qualquer impacto da intervenção russa na Ucrânia em relação aos planos do executivo de Luanda quanto a parcerias com sectores europeus.

Presente também neste fórum esteve José de Lima Massano, governador do Banco nacional de Angola, este afirma que, apesar do contexto adverso, ligado à guerra na Ucrânia, há condições para melhor proteger a economia angolana.

A economia angolana apostada nos negócios com a União Europeia e a perspectivar, após um primeiro fórum empresarial em Bruxelas, novas edições de um evento reunindo os actores de ambos os lados.

Leave a comment

Your email address will not be published.