Cidadãos já levantam 100 mil diários

Os cidadãos já estão, desde as primeiras horas de ontem, a levantar até 100 mil kwanzas (Kz) por dia nos Terminais de Atendimento Multicaixa (ATM).

O limite do referido numerário em levantamentos nos ATM é resultado de uma medida do Banco Nacional de Angola (BNA), aplicável às instituições financeiras sob sua supervisão.

O valor máximo a levantar nos multicaixas era de 60 mil kwanzas por dia. O cidadão João Jacinto, achado num ATM , disse que levantou 100 mil kwanzas em três movimentos e considera que essa medida facilitou-lhe a não enfrentar a fila no banco.

A comerciante Ana Maria também ressalta a medida do Banco Nacional de Angola, porque permitiu, com muita facilidade, obter cem mil kwanzas num dia e planificar as suas despesas com celeridade.

Maurício Daniel entende que a medida é correcta, porquanto vai ajudar a diminuir o número de pessoas no interior dos bancos.
Já o funcionário público Constantino Lourenço, apesar de louvar a iniciativa do BNA, pediu o reforço da segurança nos ATM, para se evitar eventuais assaltos.

Segundo uma nota do BNA, foi alargado o montante máximo diário para transferências por cartão, que passa a ser de cinco milhões kwanzas, enquanto o valor máximo diário de compras em Terminais de Pagamento Automático (TPA), por cartão de pagamento, passou a ser de 10 milhões de kwanzas.

Taxas de serviço

A grande inovação deste instrutivo, é a possibilidade de os bancos comerciais cobrarem taxas na utilização da rede multicaixa.
Para efeitos de cobrança de comissões nas operações de compra com o cartão multicaixa (TPA) superior a 2.000 kwanzas, o valor a ser cobrado não deve exceder 1,0 por cento do valor da compra, sendo o limite máximo a cobrar de 9.000 kwanzas. O valor da comissão de serviço a ser cobrado nas operações de compra com o cartão multicaixa, inferior a 2.000 kwanzas, não deve exceder dez kwanzas.

Leave a comment

Your email address will not be published.