Wednesday, May 18, 2022

MPLA rende homenagem aos heróis da Batalha do Cuito Cuanavale

O Bureau Político do Comité Central do MPLA rendeu, esta terça-feira, “profunda homenagem” aos heróis que participaram na Batalha do Cuito Cuanavale.

Numa declaração tornada publica hoje por ocasião do 23 de Março, Dia da Libertação da África Austral, o partido dos camaradas destaca que, os heróis desta batalha com destemida bravura, escreveram uma das mais brilhantes páginas da História de Angola, que todos os cidadãos têm o dever de preservar e divulgar com indelével valor da nossa memória colectiva.

Na declaração, o Bureau Político do MPLA enaltece, igualmente, a importância histórica da Batalha do Cuito Cuanavale como marco decisivo para o alcance da libertação da Região Austral do continente africano, reconhecendo e apoiando, de forma incondicional, o empenho do Executivo angolano na consolidação da posição do nosso país no contexto internacional e regional, tendo como premissa o interesse nacional.

Nesta ocasião festiva, refere o comunicado, o Bureau Político do MPLA defende o aprofundamento das relações bilaterais e multilaterais com todos os países, com prioridade aos da Região Central e Austral da África visando, sobretudo, a criação de uma ordem social justa e democrática no continente, através da busca de soluções colectivas para os problemas desta parcela geográfica conhecida como o “Berço da Humanidade”.

“O Bureau Político do Comité Central do MPLA expressa o desejo de que a efeméride seja celebrada com o sentimento de reflexão em torno de uma solução justa e sustentável, que garanta o desenvolvimento económico e social e a prosperidade para os povos africanos”, lê-se no documento.

O partido destaca, também, o papel determinante de Angola na busca de soluções pacíficas para o fim dos conflitos armados em África, em particular, e no mundo, no geral.

“O MPLA reforça o apelo para que todos os cidadãos angolanos, de Cabinda ao Cunene, actualizem o seu registo eleitoral oficioso, para que possam adquirir legitimidade para o exercício do direito ao voto nas Eleições Gerais de Agosto de 2022”, conclui a declaração.

Leave a Reply

Your email address will not be published.