Nações Unidas quer ajudar Angola a atingir as metas da Agenda 2030

ONU pretende ajudar o Executivo a atingir os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável constantes na Agenda 2030, garantiu, hoje (28), em Luanda, a coordenadora residente do Sistema das Nações Unidas em Angola.

Zahira Virani manifestou o desejo das Nações Unidas, durante uma audiência que lhe foi concedida pelo presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos.
“Falamos sobre os desafios em Angola e que o Sistema das Nações Unidas e outras agências podem apoiar a Assembleia Nacional e o Governo angolano a atingir os Objectivos  do Desenvolvimento Sustentável, porque agora falta apenas 10 anos até a agenda 2030”, lembrou.
Para que Angola atinja estes objectivos com êxito, propõe, igualmente, que Governo, a Assembleia Nacional, sociedade civil e o Sistema das Nações Unidas trabalhem em conjunto para dar uma resposta positiva aos desafios de 2030.
Zahira Virani entende ainda que, para que o Executivo atinja as metas do desenvolvimento sustentável, deve redobrar os esforços para que se mude a forma de trabalhar no domínio da saúde, educação e oportunidades de emprego.
Naquela que foi a sua primeira visita ao Parlamento e o primeiro encontro com presidente da Assembleia Nacional, Zahira Virani disse ter abordado com Fernando Dias dos Santos vários assuntos, com destaque para os desafios de Angola, particularmente no combate à fome e à pobreza, melhoria da saúde e emprego. 
A responsável das Nações Unidas em Angola acredita que Angola pode atingir estas metas até 2030, mas deve, antes, reduzir a taxa de pobreza extrema e o desemprego.Virani defende, também, que Angola crie um sistema de protecção social forte para proteger os mais vulneráveis. A ideia, acrescentou, é não deixar ninguém para trás. “O  nível de pobreza está a crescer, o país deve ter um sistema de protecção social mais forte para proteger os mais vulneráveis para que ninguém”, sugeriu.   

Leave a comment

Your email address will not be published.