Tuesday, May 17, 2022

Primeira-Dama destaca importância da preservação da biodiversidade

A Primeira-Dama da República, Ana Dias Lourenço, destacou, este domingo (24), em Luanda, a necessidade de replantar e proteger as florestas e tornar as nossas cidades mais verdes e mais limpas, abraçando o desafio de plantar, no mínimo, 27.000 árvores em Luanda e um milhão no país, nos próximos dois anos.

Ana Dias Lourenço apelou a todos, em particular as mães, para que, de mãos dadas, se possa iniciar uma jornada de reversão do panorama. Disse que a utilização dos recursos naturais deve ser gerida de forma inteligente, para não comprometer as gerações vindouras.

Referiu, por outro lado,  ser necessária a procura de equilíbrio ecológico, de maneira a possibilitar a vida das espécies, a preservação dos recursos naturais, bem como  a importância da conservação do planeta e da  biodiversidade.

Ana Dias Lourenço, que falava durante a abertura da campanha de plantação de árvores “Eu sou a vida”, promovida pela Associação de Escuteiros de Angola (AEA), disse sentir-se orgulhosa por fazer parte do projecto que visa o desenvolvimento de uma consciência ambiental a nível do país, como madrinha.

“Estamos conscientes das dificuldades que o nosso planeta atravessa, sejam elas a nível da biodiversidade, alterações climáticas ou poluição crescente. Estamos a nos aproximar de uma realidade sem precedentes, por devastarmos cada vez mais o ecossistema”, disse.

A Primeira-Dama salientou serem severas as consequências causadas por problemas ambientais, como a privação de alimentos, de água e recursos necessários à sobrevivência humana. Referiu que todos são responsáveis pela preservação do bem-estar próprio, dos filhos, netos e da família em geral. “É minha profun-da convicção que as acções de cada um se repercutem na família e consequentemente na escola, no bairro, na cidade, no país e no mundo”, realçou.

Leave a Reply

Your email address will not be published.